O Melhor de Schaerlaeckens - Volume 2
19,00
Descrição
Mais 253 páginas de pura acção columbófila


Schaerlaeckens vai surpreendê-lo de novo…

Aquilo a que as pessoas costumam chamar de azar, são, na maioria dos casos, os seus estúpidos erros!

Será que é o casal de reprodutores que produz o pombo bom ou é o pombo bom que produz o casal de reprodutores!

Se os pombos com um olho, cegos e coxos, conseguem sobressair nos concursos, o que dizer daqueles a quem “falta um parafuso”?
—-
Equipa forte? Só existe um caminho… tirem muitos borrachos, voem-nos intensivamente e sejam rigorosos na selecção!

Porque razão Schaerlaeckens não acredita em super casais de reprodutores?

Será que a vacinação anual contra a paramixovirose é mesmo necessária, ou será suficiente vacinar cada pombo nos seus dois primeiros anos de vida?

Porque razão, os campeões ficam nervosos e vão raspar.
Não os poleiros, mas atrás da orelha?

Voos diários… o que é mais importante? A duração do exercício ou a sua intensidade?

Super Casais?
Já me passaram pelas mãos pombos verdadeiramente fantásticos, mas nunca conhecei pombos realmente bons com uma série de irmãos e irmãs da mesma categoria

Porque razão alguns pombos da nossa colónia marcam bem e os restantes nem ao mapa vão?

Garantia, ninguém a pode dar! Produtos (secretos) que transformam maus pombos em bons? É como dizer que os elefantes podem voar.

Problemas de Adeno Coli? Retirem a comida durante 3 dias. Tanto tempo sem servir ração? Sim, é isso, 3 dias sem comerem.

Limpa os seus pombais enquanto os pombos estão a voar? Não cometa esse erro!

Columbófilos famosos? Será que devem parte do seu sucesso aos chamados pequenos?

Cevada? Não se deixem enganar. Já vi muitos pombos gordos que só comiam cevada.

Quando pombos bonitos e saudáveis não ganham nada, a causa é fácil de descobrir? Não são bons atletas.

Agora que as melhores linhas de pombos estão espalhadas um pouco por todo o mundo columbófilo, a principal preocupação de muitos não é a qualidade dos pombos, mas sim a forma!

Marquem com uma anilha plástica sempre todos os pombos que regressem atrasados de um treino em linha e quando algum tiver muitas anilhas, é sinal de que tem de ser retirado da equipa.

Sob as mesmas circunstâncias, pombos saudáveis voam à mesma velocidade durante os primeiros 400 km.

Analisar um pombo é bom, mas nunca se encontrará A qualidade que se procura!

Carnes azuladas? Não devem procurar por medicamentos, mas sim pela sua causa.

Conheço columbófilos que sabem exactamente como acasalar os seus pombos quando os têm bons. Mas tudo se altera quando deixam de os ter. Desaprenderam?

Já vi bons marcadores de olhos brancos, de olhos amarelos, curtos, de costas fracas, de quilha alta. O que nunca vi foi um bom pombo com plumagem baça e seca.

Se o território é assim tão importante, podemos aproveitar esse facto; motivar, por assim dizer.

Retirar pombos do pombal durante a Campanha é absolutamente errado!

Administração de probióticos? Um desperdício de dinheiro.

Pombos em forma bebem menos, como sabem, aqueles columbófilos que abeberam os seus pombos individualmente.

Na maior parte das vezes em que um macho ganha um concurso difícil, trata-se de um atleta que descansou na semana anterior.

Porque razão, Karel, o coordenador das soltas, não aceitou uma cerveja?

Muitos de nós interrogamo-nos sobre quais serão aqueles columbófilos que marcam melhor, os que dão os melhores medicamentos, ou os que têm os melhores pombos?

Todos aqueles que marcam bem com pombos que afirmam “estarem mal voados”, não são super campeões, são é super mentirosos.

Se os resultados não forem satisfatórios, tentem arranjar pombos melhores em vez de andarem sempre a administrar medicamentos.

Quando os tratamentos com antibióticos são colocados em segundo plano, torna-se fundamental uma selecção severa.

Schaerlaeckens vai surpreendê-lo de novo

 
Clique na imagem para ampliar
Ao usar este website, está a aceitar a utilização de cookies para análise, conteúdo personalizado e apresentação de anúncios.